8 de março! Especial Dia das mulheres

Olá, para você que está visitando o blog! Hoje é um dia especial, 8 de março - Dia Internacional da Mulher. Por isso, pedi a ajuda de 7 mulheres e dei a elas o seguinte desafio: Escolher uma mulher que você admira, pode ser uma personagem de livro/filme/série, Mulher da bíblia, Alguém da família etc. E, em seguida, dizer uma característica dela e o motivo de tê-la escolhido. Recebi respostas incríveis que você pode ler logo abaixo.



Obrigado meninas pelo carinho e pela ajuda que vocês me dão sempre que peço. Vocês são maravilhosas!

Andreza Estefanya, 21 anos.
Eu escolhi a escritora J.K Rowling, por ser uma mulher forte, inteligente,  e determinada. Admiro sua história e carreira construída e seu grande talento literário. J.K Rowling desde muito jovem carregou a vontade de ser escritora e, como seus pais gostavam de ler, ela sempre esteve cercada por livros. Escreveu seu primeiro livro com seis anos de idade "A História de Um Coelho Chamado Coelho". Durante uma viagem de trem entre Manchester e King's Cross começou a escrever Harry Potter - que sim é a melhor história de fantasia e que eu amo. 

Brenda Nobre, 19 anos.
A mulher que eu escolhi foi Abigail. A característica que eu admiro nela é a sua inteligência. A história de Abigail mostra como ela usou da inteligência para proteger sua casa e evitar que Davi se vingasse do seu marido, que era um homem arrogante.
I Samuel 25:24-25

Eukaíta Porto, 25 anos.
Rute porque ela provou sua fidelidade sendo fiel a Noemi, sua sogra, em um momento muito dificil e atraves da sua fidelidade Deus a honrou.
RUTE Cap. 1
16 Respondeu, porém, Rute: Não me instes a que te abandone e deixe de seguir-te. Porque aonde quer que tu fores, irei eu; e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo será o meu povo, o teu Deus será o meu Deus.
17 Onde quer que morreres, morrerei eu, e ali serei sepultada. Assim me faça o Senhor, e outro tanto, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti.

Ivana Feitosa, 20 anos.
Como pedido, escolhi como exemplo minha avó materna, Francisca. Acho que não só por mim, mas as avós são admiradas pelos seus netos pelo amor que elas demonstram, principalmente por serem "mãe duas vezes". Mas como característica dela, escolhi citar a mansidão, pelo jeito que ela tem de dificilmente se chatear,  ficar com raiva por algo, ou por nunca querer desgostar alguém,  pois pra ela tudo ta bom quando se trata de não desagradar ou "dar trabalho" pra qualquer pessoa. Pra mim, ela cumpre sem muitas dificuldades um trecho bíblico que diz " se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens;" Romanos 12:18. É difícil falar dessa pessoa em poucas linhas pelo tanto de amor que transborda <3"

Kerolayne Mendes, 21 anos.
Narcisa Malfoy é uma comensal da morte devota.  Mas acima de tudo, é mãe. Narcisa foi escolhida para verificar se Harry estava morto após o ataque de Voldemort. Ela mente dizendo que sim para que dessa forma pudesse ter acesso a Draco e se assegurar que ele estava bem.  Mentir para o maior bruxo das trevas que já viveu, em seu momento de maior raiva? Isso precisa de uma grande coragem e um amor inimaginável.
"Narcisa sabia que a única maneira de lhe permitirem entrar em Hogwarts e procurar o filho era participar do exército conquistador. Ela já não se importava se Voldemort venceria ou não." 

Melissa Viturino, 21 anos 
"Em nome dos brilhantes mares orientais, apresento-lhes, rainha Lúcia, a destemida." 
Ao ler As Crônicas de Nárnia, me encantei pelo coração bondoso e ingênuo de Lúcia, por sua coragem de enfrentar os medos, de lutar na batalha e perseverar até o fim, admiro sua fé em Aslam, por acreditar quando ninguém acredita, por vê-lo quando ninguém mais vê, por chamar seu nome em momentos de angústia e se sentir aliviada por saber que ele está lá, por sua intimidade com ele que ao longo do tempo se tornou maior, a fez crescer em conhecimento e vê-lo maior também. Lúcia me faz lembrar o quanto devemos lutar nossa batalha aqui na terra, enfrentando os medos e perseverando até o final, me faz lembrar que quanto mais crescemos nEle (em nosso mundo Aslam tem outro nome) maior Ele se torna aos nossos olhos. Lúcia me inspira a ser bondosa, valente, alegre, destemida e sempre, sempre lutar pelo que acredito.

Thayná Porto, 19 anos.
Débora foi uma líder admirável, mas não tinha nela apenas essa característica. Ela foi uma mulher incrível, era esposa, serva e adoradora de Deus, mulher de oração e Juíza do povo de Israel. O Senhor a escolheu para ser tudo isso por que ela era uma líder que, antes de tudo, era liderada por Deus. Um grande exemplo a se seguir nos dias de hoje, em que o mundo nos cobra tantas coisas que acabamos buscando essas qualidades onde não poderemos encontrar, enquanto Débora nos ensina a buscarmos primeiro o que importa, que é Deus.
JUÍZES Cap. 4
9 Respondeu ela: Certamente irei contigo; porém não será tua a honra desta expedição, pois à mão de uma mulher o Senhor venderá a Sísera. Levantou-se, pois, Débora, e foi com Baraque a Quedes.




Imagem da internet 

Feliz 8 de Março a todas vocês, não deixem de acreditar na sua força!

Obrigado por ancorar por aqui!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para líderes!

21 em 21: Textos de Quinta